[Valid RSS] [Valid RSS] Lendas Artes e Literatura Góticas: Uma mansão assustadora...

Seja Bem Vindos!

10 dezembro, 2012

Uma mansão assustadora...


Monte Cristo Homestead é uma histórica mansão australiana, localizada na cidade de Junee, em New South Wales. Foi construída em Christopher William Crawley em 1885, para a residência da família Crawley, que permaneceu até 1948.
Diversos acontecimentos trágicos ocorreram neste local, como a morte por envenenamento do senhor Crawley, a queda de uma empregada doméstica da varanda e a morte de uma criança carbonizada.
Um homem com problemas mentais chamado Harold, o filho de uma empregada que trabalhava em Monte Cristo, foi mantido preso em algemas na Casa do zelador durante quarenta anos. Ele foi encontrado enrolado aos pés do corpo sem vida da mãe, e enviado para um lar para os loucos, onde morreu pouco depois.
A última morte na mansão ocorreu em 1961, quando vigia Jackie Simpson foi assassinado por um jovem local. Depois de assistir ao filme Psicose várias vezes, o menino foi até a propriedade munido de uma espingarda e disparou contra Jackie que morreu instantaneamente. Acredita-se que ele então escreveu as palavras "DIE JACK HA HA" na porta de madeira, uma inscrição macabra que pode ser visto até hoje.

Desde então surgiram relatos de atividades estranhas como sons fantasmas, mutilações de animais, aparições e luzes no interior da mansão.
A principal aparição vista na propriedade é a da Senhora Crawley, a severa matriarca da família. Ela é vista com mais frequência na capela, vestida de preto e carregando uma cruz de prata Segundo informações dos visitantes sua presença é sentida quando repentinamente o aposento se torna mais frio e silencioso.
Esta propriedade já foi tema de diversos programas de televisão e alcançou reconhecimento como um dos locais mais assustadores do planeta.


Nenhum comentário: